Take me dancing

Alguns tentam falar bonito, outros fazem isso sem o menor esforço. Acho que aqueles que tentam não são realmente sinceros no que falam, já os que conseguem é porque só falam o que o coração manda atravez das lágrimas que caem no rosto dos que sentem. Se o seu sonho for ter aquela pessoa ao seu lado, ou passar naquela faculdade tão desejada, ou até ter o sonho de ser cantora tem que segurar firme nesse sonho e não deixar ele ir. Todos tem o direito de sonhar, mas realiza-los é um direito daqueles que lutam. Então lute.
Aprendi a NUNCA DIZER NUNCA com um menino que de certa forma me apaixonei, aprendi a falar com meu coração atravez da música, percebi que o diferente é o mais legal pelo fato de tirar sorrisos dos rostos de quem amo, e que as vezes as pessoas atiram pedras em coisas que brilham.

“ …Am I happy or unhappy? It’s not a very important question. I live with such frenzied intensity.
Things and people are waiting for me, and doubtless I am waiting for them and desiring them with all my strength and sadness. But, here, I earn the right to be alive by silence and secrecy.
The miracle of not having to talk about oneself. ”

—    Albert Camus, Notebooks 1935-1942 (via purplebuddhaproject)

(via purplebuddhaproject)